O que é o NEEF?

logo - neef

Criado em fevereiro de 2020, o Núcleo de Estudos em Economia Feminista (NEEF) pretende agregar as ações em pesquisa nessa área de conhecimento, sendo as repercussões esperadas o desenvolvimento de pesquisa de nível de graduação e pós-graduação que tenham foco nos diversos aspectos pautados na visão da Economia Feminista, nas críticas feministas às teorias econômicas tradicionais, na interface entre gênero e economia, na divisão sexual do trabalho, cuidados e responsabilidades, bem como temas correlatos.

Linhas de Pesquisa

 

1. Gênero e Políticas Públicas – Esta linha de pesquisa possui como objetivo aprofundar o debate sobre a incorporação da perspectiva de gênero nas políticas públicas nacionais, regionais e locais, bem como sobre as consequências sociais desta articulação, seus avanços e retrocessos. Em síntese, com base nas transformações ocorridas na sociedade brasileira nas últimas décadas, propõe-se analisar os avanços alcançados pelas políticas públicas de gênero, bem como os impasses e obstáculos por elas enfrentados.

2. Macroeconomia de gênero – Apoiando-se na percepção da economia feminista de que tanto os eventos econômicos (crises, abertura comercial, dinâmicas do sistema monetário internacional) quanto as políticas macroeconômicas não são neutros quanto ao gênero, busca-se analisar de que modo variáveis, seja pelo lado da oferta, seja pelo da demanda, impactam e são impactadas pelo crescimento econômico.

3. Metodologias e Epistemologias feministas aplicadas à Economia – Objetiva-se argumentar que o formalismo e a modelagem da teoria da escolha econômica tradicional, bem como o foco nos métodos matemáticos e econométricos que o mainstream da economia historicamente tem privilegiado não conseguem capturar toda uma rede de conexões entre a economia e outros fenômenos sociais fronteiriços à economia, sejam eles políticos, históricos, sociais ou psicológicos. Em segundo lugar, busca-se propor soluções e metodologias mais sensíveis às questões específicas de gênero.

4. Mulheres e Mercado de Trabalho – Avalia a forma de inserção da mulher no mercado de trabalho, sua articulação com a esfera doméstica e as diversas manifestações e expressões da segmentação vertical e horizontal.

5. Gênero e Economia Política Internacional – O propósito desse eixo de investigação é pesquisar temas atinentes aos efeitos da divisão dos papeis de gênero na economia produtiva capitalista, na agenda da globalização e das migrações internacionais, no meio ambiente, bem como o papel das mulheres nas cadeias globais de produção, dentre outros.

6. História do Pensamento Econômico das Mulheres – O intuito desse eixo de pesquisa é explorar as contribuições das mulheres para a análise econômica, seus métodos, debates e propostas políticas, amiúde invisibilizados pelo discurso econômico tradicional que é, segundo a crítica feminista, norteado por um olhar enviesado pelo gênero.

 


Para maiores informações, consulte o espelho do núcleo no CNPq.